28 agosto 2007

Adeus Branquinho...



Tenho o coração pequenino, o meu amor branquinho partiu hoje com a fadinha dele.... faleceu nas minhas mãos, esteve à minha espera....
Não tenho palavras...

5 comentários:

Amaral disse...

Ternura...
E como pode um gatinho, duma maneira tão simples, fazer despertar profundos sentimentos...

gonças, às vezes igo... disse...

Lamento... mas como dizeste e bem... a fadinha dele veio busca-lo... agora está bem rodeado de pós mágicos... Beijo...

Paulo Nabais disse...

A vida e a morte estão muito ligadas. Ou estamos de um lado ou do outro. Nada mais.
Sóninha, somos humanos e não Deuses e por isso ainda não temos acesso a procedimentos e acções mais elevadas.

Jinhos.

Lu disse...

Lamento imenso... também já chorei muito por gatos que já tive...
Hoje já não consigo me apegar a eles. Foram muitas perdas e de formas horríveis.

Força.

Beijinhos.

Andreia disse...

Olá Sónia!
Só agr estive a ler a história destes gatinhos... e n sei se hj estou mais sensível ou quê mas esta história tocou-me mesmo... deitei umas lágrimas qd vi este post...
Enfim... que dizer a vida é assim n podemos controlar o destino!
Vamos todos esperar que o irmão continue forte e cresça saudável! :)
Beijinhos e força!
Vai mostrando fotos...