31 maio 2008

Raminho de carinho


O meu filho mais novo ontem esteve doente, com febre e muita dor de cabeça.
Tive que vir com ele para casa, claro está que teve muitos miminhos, mais que a dose habitual.
Ao fim do dia estava melhor, já não tinha febre nem dores de cabeça.
Pediu-me para ir um bocadinho para o jardim.
Lá foi...
Passado um bocado aparece ao pé de mim com este ramo.
Não é lindo?
Não é um amor?
ai ai ai ai que mãe babada que sou eu!
P.S.: Disse-me que também apanhou alecrim para dar um cheirinho bom, que delicadeza...

3 comentários:

Anónimo disse...

Ai que engraixador...!!!!!
Beijinhos do avô
Jakim

Paulo Nabais disse...

E ao pai, quando chega a casa, atiram-lhe com setas artesanais... lol

dina disse...

é tão bom ter filhos românticos, não é?
eu tenho tanto receio do momento em que ele vai perceber que nem todas as pessoas estão à altura do romântismo dele ........