20 novembro 2008

Liberdade

Gaivotas junto ao Rio Mondego no Parque Verde - Coimbra
Só quando a perdemos é que lhe damos o devido valor.
Foi o que me aconteceu...
Na semana passada caí e agora ando de muletas, perdi a minha liberdade, a minha independência.
Tudo é feito com um esforço redrobado e as coisas mais simples do dia a dia, tornaram-se um tormento.
Quero a minha liberdde de volta!

2 comentários:

Luisa disse...

Também já me aconteceu. É horrível não nos podermos mexer! As melhoras rápidas para poderes recuperar a tua liberdade como tão bem ilustra a tua fotografia.

Gonçalo disse...

Então a senhora Dona Sónia, agora anda em 4 pernas... mas que bem... é uma noção interessante, essa da privação da liberdade. Como só damos valor a nossa liberdade quando ficamos sem ela... rapidas melhoras... Um beijo...