29 abril 2006

Para reflectir

Texto retirado do Blog da Catequese da Pampilhosa
“Os raios convergem para o centro da roda, mas é o espaço vazio entre eles que permite o veículo andar. O oleiro modela o barro para fazer um copo, mas é o espaço vazio no centro que faz com que o copo seja útil. Uma casa é construída de madeira sólida e dura, mas é o espaço vazio dentro dela que nos permite habitá-la. “
Um pensador oriental, King Tse comenta este trecho dizendo que “Deus não julgará o copo, mas o que colocámos lá dentro. Não julgará a roda, mas para onde conduzimos a nossa carruagem. Não julgará as paredes da casa, mas a harmonia que colocamos no seu interior.”

Padre Manuel Augusto

6 comentários:

saloia disse...

:)*

Paulo Nabais disse...

Então andas a "roubar-me" as fotos, hmmm...

lol

Luisa disse...

Fiquei a meditar nas palavras que hoje publicaste. Sim, o que interessa é o conteúdo e não a forma. O conteúdo é apenas a maneira de seguir, a vocação (copo, roda ou casa) mas o que se passa nesse espaço é que é o importante. Sabe bem ler blogs com conteúdo...

Paulo Nabais disse...

É, sem dúvida, um texto muito interessante, através do qual devemos basear a nossa vida e tornarmo-nos conscientes de hábitos que nos passam diariamente ao lado. É um texto profundo. Essa profundidade que habita o nosso íntimo...

Meia Lua disse...

:) o centro de nós... o equilíbrio. É tudo o que temos para preencher... é tudo, tudo o que importa que seja feito com o coração e com a melhor das intenções...beijinho para ti :*

Mocho Falante disse...

Bela reflexão sim senhor...

Beijocas