09 janeiro 2006

Histórias do além....

Foto: Sónia Nabais

No sábado os meus avós foram almoçar lá a casa, a minha avó fez um bacalhau com natas divinal (sim, foram lá almoçar mas quem fez o almoço foi a minha avó e depois do almoço o meu avô esteve-nos a contar umas histórias com mais de 100 anos, era a mãe dele que lhe contava.
Aqui fica uma dessas histórias:

O Senhor Morto

Havia uma família que vivia paredes meias com a casa da minha Bisavó.
O Senhor dessa casa sentiu-se mal e morreu.
Antigamente ao fim de 8 horas podia-se enterrar logo o corpo.
Estavam todos na capela mortuária a chorar o corpo, o Padre a dar a Missa, a certa altura, como é de tradição, atirou pingos de água benta para cima do corpo do morto.......
.... e o morto acorda atordoado e levanta-se!
Bem, num ápice a Igreja ficou vazia, apenas com o "morto", tudo se evaporou a gritar igreja fora, até o Padre!
O "Senhor Morto" sai do caixão e desata também a correr para casa, bate à porta e lá de dentro só houve:
- Vai-te embora alma penada!
Conclusão, o homem teve de ir chamar a policia e explicar a história toda, para depois a policia ir a casa dele para a mulher lhe abrir a porta!
O homem nunca mais se livrou na alcunha do "Senhor Morto".

4 comentários:

Amaral disse...

Histórias do além, uma "gaita"! … Livra, coitado do homem (senhor morto), morto antes de morrer!... Ainda a hora dele não tinha chegado e já o queriam meter na cova!... Seus "amigos da onça"; e ainda por cima, era uma "alma penada"!... Penas têm as galinhas... Ora, agora, já nem se pode dormir 8 horas seguidas, hem?...

Fernanda Carvalho disse...

Estas alcunhas das terriolas são o máximo!
E essa história, então!!!!!
Os "antigos" tem sempre coisas magnificas para nos contar, nãoo concordas?
Beijos ensonados
~º(",)º~
Fernanda

Terreiro disse...

Ainda bem que a história tem muitos anos, olha se acontece-se hoje, até a policia fugia, prendia ou matava o pobre do Homem!

Luisa disse...

Tétrica e ao mesmo tempo divertida a história desse morto-vivo!