08 maio 2006

As noites no parque...

Flores no Jardim do Luso
Tenho que desabafar aqui o que sinto.
Sinto muito aquilo que vou dizer, provavelmente vai chocar alguns pela minha falta de tradição, pela minha falta de tudo ... mas o que a maior parte não vai entender... é que eu nunca senti falta de nada disto.
Isto está a ficar confuso.

As noites do Parque da Queima das Fitas em Coimbra

Ninguém até hoje me tinha convencido a ir a uma noite no parque (uma aberração para a maior parte das pessoas de Coimbra, eu sei, mas nem por isso me sinto menos que os outros).
Tenho quase 36 Anos e fui na sexta-feira passada à minha primeira Noite do Parque, quase arrastada é certo, pelo meu marido, o Paulo e o Bruno meu filho.
Fi-lo pelo Paulo, que era o se 1º ano de Queima.
Fi-lo apenas por ele e somente por ele.
Todos nós temos maneiras mais ou menos uniformes do que consideramos divertimento.
Mas o estranho e o que sempre digo em relação a mim é: Eu não sou deste planeta.

Gostei muito de estar com os colegas de turma do Paulo, eles são muito simpáticos e divertidos, passa-se uma boa noite com eles na conversa e na brincadeira, gostei mesmo muito e espero estar com eles novamente, que já me deixaram saudades.
Se me tivesse vir embora naquele momento e não tivesse dado a volta ao parque até que vinha com a ideia de :
- afinal não era tão mal como eu pensava.
Mas ao passar pelas zonas dos sanitários... fiquei chocada, enojada, sei lá mais!
A degradação humana daqueles estudantes bêbados deixou-me muito, muito, muito triste e desolada... eu não quero aquele futuro para os meus filhos, isto choca-me.
Era um cheiro a urina que lembrava a idade média, eram rapazes a urinar para cima dos barris de cerveja, era estudantes ajoelhadas no meio da urina a vomitar enquanto outras lhes seguravam os cabelos, eram outros com as capas a tapar a raparigas e elas a urinar e via-se o mijo a escorrer por detrás das capas.... à frente disto tudo no meio daquele cheiro nauseabundo estava uma barraca de cerveja....
Por favor, não me venham dizer que isto é uma noção de “divertimento” que eu grito!
Depois eu vejo a outra parte disto, quando vou trabalhar de manhã.
São garrafas de cerveja partidas por tudo quanto é lado, são os passeios vomitados, é os pára-brisas dos carros todos torcidos, são os bêbados que vêm logo pela manhã a conduzir, é um perigo andar em Coimbra pela manhã...
Eu não vejo a hora da Queima acabar.
Desculpem o meu desabafo, mas soube-me bem.

8 comentários:

dina disse...

concordo contigo, mas acho que isso de estende a tudo o que é divertimento "nocturno". eu nunca percebi porque era necessário as pessoas ficarem bêbedas para se divertirem. no meu caso de bebo mais um cl de bebida alcoolica do que o que estou habituada ... adormeço e ai lá vai o divertimento, por isso normalmente opto por água e afins... afinal adoro rir, cantar, dançar mas sabendo o que estou a fazer e não entendo porque é que algumas pessoas precisam da ajuda do álcool para o fazerem

daalgempaKu disse...

Para nós o divertimento é saudável quando é praticado com naturalidade e sem recorrer a artefactos descontroladores dos nossos actos: DROGAS, ALCOOL.

Jardineira aprendiz disse...

Pois, é uma ideia bem estranha de divertimento. Só que 'o nosso tempo' (ai ai a velhice!) já era um pouco assim. Eu não gosto de álcool e também me sentia uma ET quando tudo ficava bêbado à minha volta e eu era a única sóbria!

bruno_scouts disse...

eheheheh

deixa tar mãe, aquele futuro não é o meu...posso ser mto, mas mesmo mto distraído, mas ainda tenho bem estruturado a minha maneira de ser e de viver...não te preocupes que eu não sou "igual a eles"

Paulo Nabais disse...

Pois, de facto eu até gosto de beber umas cervejitas. Mas cá para nós... já alguém me viu bêbado? Talvez noutra vida, porque nesta é mentira... Divirtam-se de forma consciente...

igo... disse...

Gostei da tua visão da queima, nunca tinha lido nada assim. Discordo em quase tudo... sabes o espirito que move os estuadantes é muito forte, é claro que se fazem muito exageros... mas tu neste teu post, quase só focaste a parte escuro da queima... Enquanto que é a outra realmente deixa marcas... os amigos, as emoções, os afectos, as brincadeiras, os gritos... Um beijo, gmc

siri disse...

... um sentido de "divertimento" muito caricato... eu hein.

PS - o berlogue do paulo tem imagens lindas! O_O.. e tb cusquei o do vosso filhote. ihih (^^,)

Anónimo disse...

Keep up the good work Breast enlargement fiction Multi trip travel insurance arctic ocean breast cancer ribbon magnet Eterna skeleton watch Fuse or circuit breaker Solid mahogany bookcases Affordable+long+term+care+insurance