24 novembro 2005

Escrita Abstrata

Foto: Sónia Nabais

Estive a ler um post no Blog O vento debaixo das minhas asas e lembrou-me este ano no verão o meu filho, a propósito dos miúdos acharem que as nossas paredes são quadros de lousa.

Neste verão os meus filhos estiveram 2 semanas numas férias lúdico - desportivas muito interessantes, tinha a componente desportiva (essencialmente), mas também a cientista, artística, enfim um cem números de coisas.

Numas dessas actividades, o mais novo pintou um quadro em aguarelas, tipo abstracto, por acaso estava bem giro. Quando chegou ao pé mim perguntou-me se gostei, disse que sim e gostei mesmo, então diz ele assim:

- Está aqui escrito D'ZRT, vês?

Eu fiz um esforço enorme para perceber onde.... não "pesquei" nada.
Quando chegamos a casa, ele escolhe na parede onde quer colocar o quadro e eu com os pregos rápidos lá martelo. Entretanto ele foi fazer outra coisa e eu penduro o quadro.
Passado um bocado chega ele ao pé de mim:

- Olha lá, penduraste o quadro ao contrário, D'ZRT está de pernas para o ar.
- Ops filho, desculpa.

E lá fui remediar o desastre.
Fui fazer o jantar e quando voltei ao quarto, tinha uma seta (na parede) em caneta de feltro a apontar para a palavras D'ZRT escrita na parede.... para que não restassem dúvidas a ninguém......

6 comentários:

Eva Shanti disse...

Para que não restem dúvidas...! Faz-me lembrar o Principezinho!

Bjs

siri disse...

LOol.

pszt, as fotos estão mui interessantes (esta e a do post anterior q me esqueci de referir.]

Paulo Nabais disse...

Pois, mas quem teve de pintar a parede de azul claro....fui eu...
rrrrrrrrrrrrrr...

Fernanda Carvalho disse...

LOLOLOLOLOLLLLLLLLL
Pelos vistos a tua parede tb não escapou!!!
Lolol
Beijocas
~º(",)º~
Fernanda

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Hey blog muito bom! Homem .. Lindo .. Amazing .. Vou favorito seu blog e ter os feeds também ...