04 novembro 2005

Trabalho inacabado

Foto: Paulo Nabais

Ontem à noite, enquanto o peixe grelhava, as batatas e feijão verde coziam, lá continuei eu o meu bordado (estou sempre a fazer duas coisas ao mesmo tempo).
Iniciei este tabuleiro à 3 anos atrás durante as férias e somente nas férias pegava nele, pois só nessa altura tinha tempo e pachorra.
Para bordar é preciso estar disposto a fazê-lo, a mim dá-me imenso prazer e enquanto bordo o meu pensamento vagueia e até me esqueço das horas.... lembro-me quando a mão fica dormente e sei que são horas de parar.

Agora decidi acaba-lo e já disse a mim própria que até ao Natal ele está pronto.... a ver vamos.
Pelo menos queria servir um cházinho com Bolo Rei para estrea-lo.


6 comentários:

Anónimo disse...

Gosto tanto!
Também gosto de ver as tuas mãaos a bordar!
Sandra Pereira

Mocho Falante disse...

Eu tenho o vicio dos Puzzles, quando começo a fazer só para quando vejo o fundo ao tacho..mas quando perco a pachorra o puzzle só desaparece lá da mesa quando me apercebo que um dos meus cães já comeu algumas peças

Bom fim de semana

Formiguinha disse...

Está a ficar bem giro. Agora que falas nisso lembro-me que tenho por aí uns panos inacabados e um quadro também! A ver se o acabo em 2006 porque até ao final do ano vai ser impossível com a mudança :p

Jinhos***

siri disse...

Quer-se dizer.... se os blogueiros visitantes tiverem direito a uma fatiazita, um cházito, e pantufa estendida à lareira... (A) (^^,)

Mas esse tipo de trabalho é até uma prenda simpática numa quadra (quase) industrializada. ;)

saloia disse...

adoro as cores do teu bordado e as cruzes paracem medieval...
lindo
bjs
Mary

Anónimo disse...

Very nice site! http://www.1999-gmc-safari-window-problems.info/lecithin-and-acne.html Goldman sachs retirement plans