14 dezembro 2005

Reciclagem


Sim, estão a ver bem, são mesmo fósforos!
Chamem-me o que quiserem, mas eu sou fanática pela reciclagem lolololololol reciclo tudo o que puder.
Tenho um frasco de vidro ao lado do fogão, todos os fósforos vão lá parar depois de utilizados, ora como já estava cheio e não cabia lá nem mais um, foram todinhos utilizados para acender a lareira.
Reutilização.
Como o meu Pai passa a vida a dizer:

"Na Natureza nada se perde, tudo de transforma"

14 comentários:

Mia disse...

Que engraçado, o meu pai passa a vida a dizer o mesmo "Na Natureza nada se perde, tudo se transforma".
Ainda bem que encontrei o teu blog! Gostei e fiquei :)
beijinhos!

igo... disse...

Pronto... eu confesso, ainda não sou um grande adepto da reciclagem... na escola reciclo tudo, em casa ainda só reciclo, mesmo as coisas básicas, vidro e papel... ainda estou no inicio... Vou conseguir chegar a reclicar tudo... não sei muito bem é quando... Mudando de assunto... Boa sorte para o teu teste... vai com calma e não faças muitos gestos :) :)
Um beijo, gmc

Azenhas disse...

Excelente ideia!

Eu confesso aqui publicamente que estou a reciclar pouco...A ideia dos fósforos é fantastica!!!

Rosa disse...

Eu cá guardo os fósforos todos´numa taça, mas, quando ela está cheia, nunca sei o que lhes fazer e olha, vão para o lixo! Podia ser mais estúpida???? :D

dina disse...

confesso que nunca me tinha lembrado de tal coisa, penso sempre no fósforo como pecinha isolada, mas é uma ideia sim senhora

aldora disse...

Olá
Eu sou a Aldora sou de do outro lado a sul do Rio Tejo, a Kaldinhas é outra pessoa que é das Caldas da Rainha uma boa amiga, sempre bem disposta.
estive a ler a questão da professora com o teu filho. Eu tive um problema assim na segunda classe, da minha filha mais velha que nunca repetiu um ano e que está hoje com 29 anos a fazer o doutoramento. sempre foi uma aluna exelente, mas na segunda classe esteve numa escola que a professora puxava-lhe as orelhas o meu marido teve que lá ir duas vezes. Na terceira classe mudamos de escola nunca mais ouve problemas mas se tem continuado não sei se hoje se estava a a doutorar, ou se teria odiado a escola.
beijinho
Aldora

Eva Shanti disse...

Tão giro! Eu nem uso tantos fósforos como isso, porque tenho uma colecção de isqueiros de cozinha e o esquentador é automático, mas que a ideia é fantástica lá isso é! Em criança lembro-me de fazer molduras com fósforos!

Lindo! Digno da revista «Inspirações», que acho que já não existe.... Mas efim...

Bjs

Sinda - Ideias criativas disse...

E a natureza agradece! Mais uma ideia para ajudar um pouquinho a nossa "Mãe".

Boa ideia Musas!
Beijocas

ps: obrigada pela visita

Meia Lua disse...

E eu acho que fazes muito bem!!
Se todos nós tivéssemos esta consciência, o mundo estava bem melhor... mas muito melhor ;)
bjinho

kaldinhas disse...

E não é que tens razão?
Muito bem, quanto a essa máxima da natureza há coisas que se perdem irremediavelmente pela mão do Homem.
Olá Musas vim aqui por ter achado engraçada uma pergunta que deixaste no blog do Quico.Eu e a Aldora somos duas pessoas diferentes,achei piada.
beijinhos

siri disse...

ou então fazes casinhas e carrinhos com eles! LOol \O/

Carriço disse...

Tivesse eu lareira... e também era menino para esse "exercício". Muito bem!

Saudações

Quico disse...

Também achei piada à tua confusão Sónia. Quem sou eu para poder afirmar a verdade, mas nunca me passou pela cabeça a Kaldinhas e a dona do meu amigo Charly serem a mesma pessoa. Eu sei que na Net tudo é possível, mas também não vejo vantagens nesses desdobramentos. Aposto que continuas a fazer inveja ao Ventor, ao caminhares por essas lindas terras do Buçaco! Quanto aos fósforos fazes bem guardá-los, pois como diria o Ventor, tudo o que não presta nos pode fazer falta. Não é por acaso que a nossa amiga Kaldinhas vive numa "tulha" especial, com todas aquelas tralhas! Bjs.

Luis Olival disse...

és filha de lavoisier? :)